Notícias

Notícias (42)

Prazo novo só vale para pontos computados a partir de novembro passado, quando houve a mudança na lei, informa Denatran. O tempo mínimo de suspensão para quem atingiu 20 pontos ou mais na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) dentro de 1 ano aumentou em novembro passado. Foi de 1 mês para 6 meses. A mudança aconteceu na mesma época em que o valor de todas as multas foi reajustado e começaram a valer outras alterações no Código de Trânsito. O prazo máximo de suspensão para quem acumula 20 pontos ou mais continua sendo de 1 ano. Para quem voltar a atingir essa pontuação dentro de 1 ano, a penalidade mínima passou de 6 para 8 meses. A máxima continua em 2 anos. Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), no entanto, para o motorista estar sujeito aos novos prazos, todos os pontos têm de ter sido atribuídos depois de 1º de novembro, quando a mudança na lei começou a valer. Por isso, levando também em conta que existe um tempo entre o cometimento de uma infração e a suspensão ser efetivada, ainda não há muitos motoristas submetidos ao novo prazo, diz o Detran-SP. Veja abaixo perguntas e respostas sobre a…
A resposta é: EM TERMOS. Se você realmente decidiu atravessar um alagamento com seu carro, o importante é manter a rotação do motor entre 1.500 e 2.000 rpm durante a travessia. Quando trocamos a marcha, temos como procedimento tirar o pé do acelerador e, assim, momentaneamente, a rotação passará a ser de marcha lenta. Isso pode não ser suficiente para que os gases do escapamento impeçam a entrada da água. É claro que pode ocorrer um imprevisto à sua frente e você terá que mudar a marcha, para alterar a velocidade. Para isso, volte aos tempos em que você estava aprendendo a dirigir e acelerava mais do que precisava: faça a troca sem tirar o pé do acelerador. Mas, lembre-se: nunca passe por um alagamento se a altura da água nos carros à frente superar a metade da roda. E, se o motor morrer durante a travessia, ou quando o carro estiver estacionado em meio a uma enxurrrada, jamais religue. Chame um guincho. Câmbio automáticoSe o carro tiver câmbio automático, coloque a alavanca na posição 1 e acelere até 2.000 rpm, nesta posição. Assim, o câmbio permanecerá na primeira marcha. Quando se coloca na posição 2, o câmbio não ultrapassa…
O céu está fechando, aquele temporal se aproxima e você dentro do carro: é normal bater aquele medo de ficar ilhado. A primeira atitude é evitar as vias que sempre alagam, mesmo que isso signifique rodar mais. Faça as contas: de que adianta economizar R$ 10 de gasolina se, caso o motor trave em um alagamento, sendo bem otimista, você terá que gastar R$ 5 mil para arrumá-lo e tirar o cheiro de mofo que ficará dentro do carro? Portanto, faça seu percurso pela região alta da cidade. Você deve estar me perguntando: "Mas e se eu for pego em um congestionamento e água começar a subir?" Tenha em mente que, em 98% dos casos, a água entra no motor pelo tubo do filtro de ar que fica na parte da frente do veículo, atrás da grade, ao lado do farol. Mas ela não pode entrar pelo escapamento? Pode, mas é mais difícil, até porque, com o carro ligado, a água terá que vencer o fluxo de gases que estão saindo dali. A questão é que, na enchente, o motor funciona como um grande aspirador de pó, sugando a água que está à frente do carro. Por isso, o primeiro…
Quando entramos em uma loja de carros usados temos a impressão de que todos os modelos expostos estão ótimos, brilhantes e imponentes. Mas aparência não é garantia de boa compra: o ideal seria termos também uma "visão de raio X", para saber como o carro está por dentro... Afinal, todas as peças têm uma vida útil, mas a pintura praticamente não tem fim: se ficar opaca, é só polir. Um dia desses, conversando com um médico endocrinologista, ele me dizia que os órgãos do corpo não envelhecem ao mesmo tempo: alguns precisam cuidados antes que outros; O envelhecimento não é uniforme, mas quem observa uma pessoa por fora não enxerga o verdadeiro estado clínico do pulmão, fígado, rins, coração, etc. Nos carros acontece o mesmo: não pense que aquele carro que você viu na loja brilhando “está batendo um bolão”. Nos carros as peças se desgastam em quilometragens diferentes, mas a parte externa do carro costuma durar mais que todas as outras e acaba dando a impressão que em baixo do capô está tudo bem, só que não. A solução é: examine o porta-luvas! No vídeo acima e na lista abaixo, você verá o quanto duram as peças principais, em…

Mais Lidas

No result...